ARTIGOS

Cálcio  :   vital á saúde

 

O cálcio é um mineral de grande importância para a saúde do indivíduo. É o mineral que mais conta no organismo, pois há 1 kg de cálcio no organismo de um homem de 75 kg. dos outros minerais o corpo necessita de miligramas.

A maior parte dele – 98% encontra-se nos ossos, enquanto 1% fica concentrado nos dentes, e 1% restante se distribui por todo corpo, encarregando-se de funções metabólica indispensáveis. Por exemplo, ajuda no mecanismo de contração de todos os músculos, incluindo-se aí o cardíaco.

Desempenha papel essencial nos movimentos de contração e relaxamento das fibras musculares nas paredes internas das artérias, diminuindo ou aumentando o calibre dos vasos sanguíneos conforme a necessidade, o que é fundamental para o equilíbrio da pressão arterial.

As células nervosas só trabalham corretamente na presença do cálcio. A deficiência do mineral, no caso, pode provocar convulsões. Um exemplo disso são as crises convulsivas que sofrem os alcoólatras.

Ele ainda está presente no mecanismo de coagulação do sangue e é importante no tratamento da hipoglícemia. Aumenta o oxigênio dos tecidos, importante para o cérebro.

Por tudo isso o organismo procura manter o nível de cálcio no sangue a todo custo. Já que o sangue não pode ficar sem aquele 1% de cálcio que garante as funções metabólicas essenciais. Para manter esse equilíbrio nosso corpo lança mão de um ativo processo de troca entre os ossos e sangue. Quando há carência no sangue, por exemplo, o organismo “rouba “do imenso estoque existente no tecido ósseo e nos dentes e o deposita na corrente sanguínea, a fim de compensar a perda.

Porém em geral, apenas de 20 a 40% do cálcio dos alimentos é aproveitado pelo nosso organismo

Formação dos ossos

Na infância e na adolescência, o organismo se incumbe do crescimento e da calcificação de todo esqueleto. No início da idade adulta, nossos ossos podem não crescer mais em comprimento, mas continuam ganhando massa até os 35 anos.

Já foi provado que a massa óssea de uma pessoa pode ser aumentada de 10 a 15%. O melhor período da vida para se construir um bom “banco” de ossos é da primeira infância até os 35 anos. Ou seja, até essa idade, com uma boa alimentação e exercícios físicos, pode-se fazer uma espécie de poupança, aumentando a massa óssea. Esse armazenamento é para que possamos argumentar bem os saques que começam a ser feitos depois dos 35 – 40 anos.

Gravidez

Mulheres grávidas ou que estejam amamentando, devem aumentar a ingestão do cálcio, pensando na formação dos dentes e ossos do bebê. E também no próprio estoque principalmente durante a gestação, caso contrário o feto vai roubando o mineral do organismo da mãe. Devido a isso, durante a gestação podem ocorrer cãibras. É comum a grávida tomar suplemento de cálcio, pois nem sempre a alimentação supre a necessidade.  

Voltar